Pegando o motorhome em Vancouver e iniciando a rota rumo às montanhas rochosas canadenses (de Vancouver a Kamloops)

Para quem está acompanhando o roteiro completo da nossa viagem pelo Canadá e Estados Unidos de motorhome, esse post é referente ao terceiro dia de viagem. Neste dia, nós acordamos em Vancouver, no Century Plaza Hotel & Spa. Tomamos café da manhã na Breka Bakery, na Davie Street, pertinho do hotel. [Falei sobre o hotel e o café no post anterior.] Em seguida, levamos o Felipe ao pronto-socorro do hospital que ficava ao lado do nosso hotel (mas esse assunto merece um post à parte). De lá, seguimos para o hotel, fizemos check-out e partimos para Delta, uma cidade que fica na região metropolitana de Vancouver, para buscar o nosso motorhome na Cruise Canada.

Só para dar uma noção da distância, a Cruise Canada fica a mais ou menos 30 km do hotel onde estávamos, em Downtown Vancouver.

Quando chegamos à Cruise Canada, descobrimos que precisávamos ter agendado horário para fazer a retirada do motorhome. Mas o dia estava tranquilo lá e eles nos atenderam mesmo sem agendamento e quase de imediato. O atendimento lá foi frio, mas eficiente.

Cruise Canada
Fomos buscar o motorhome com a nossa mini-van alugada

Preenchemos a papelada, recebemos diversas orientações, assistimos a um vídeo que explica como funciona tudo dentro do motorhome (vídeo disponível em inglês, holandês, alemão, francês, espanhol e dinamarquês) e fomos, enfim, levados ao nosso veículo. Inclusive, quem quiser assistir ao vídeo antes no Youtube, pode assistir em casa e lá, na hora, “economizar tempo” e falar que já viu o vídeo. Nós já tínhamos assistido em casa, mas preferimos ver lá na salinha deles mais uma vez para relembrar como as coisas funcionam.

Gustavo vendo o filme da Cruise Canada

No motorhome, um funcionário fez um “tour”, explicou como tudo funciona, tirou nossas dúvidas e enfim recebemos a chave do que seria nosso carro e casa pelos próximos dias.

É bom sempre dar uma conferida em tudo no veículo antes de sair. Quando estávamos colocando as crianças nas cadeirinhas, por exemplo, fomos desmontar a mesa para o bebê conforto do Felipe encaixar no sofá e a peça metálica que segura a perna da mesa estava enferrujada. Quando puxamos a mesa para cima, veio um pedaço da peça na nossa mão. Por sorte, ainda estávamos dentro da Cruise Canada e eles fizeram rapidinho o reparo, trocando a peça enferrujada por uma novinha.

Uma coisa que descobrimos lá e que achamos super bacana sobre esse mundo dos alugueis de motorhome foi o esquema de doações de coisas que sobram da viagem. Basicamente, as pessoas que estão devolvendo o motorhome na agência costumam deixar tudo o que sobrou da viagem (detergente, papel higiênico, água, sabão em pó, comida…) para as pessoas que estão iniciando uma nova viagem. Conhecemos um casal de holandeses ali que nos presenteou com uma bacia enorme cheia de coisas e uns 15 rolos de papel higiênico em um pacotão fechado (eles calcularam muito errado a quantidade de papel higiênico que iam precisar hahahahahah). Ganhamos sal, pimenta, café, sabão líquido para roupas, detergente, um montão de coisas… Isso já ajudou a economizar bastante na nossa primeira compra lá.

E os demais viajantes, conforme vão chegando, vão deixando suas doações lá em um cantinho e quem tiver interesse, é só pegar e levar. Nós mesmos, quando voltamos da nossa viagem, deixamos um bastante de coisa de doação.

Pipo no bebê conforto
Bela no assento de elevação

Quando recebemos o motorhome, passamos toda a bagagem que estava no nosso carro alugado para o motorhome e fomos juntos, um veículo seguindo o outro até o aeroporto de Vancouver para devolver o nosso carro alugado (Sim! Estávamos com um carro alugado. Saiba mais sobre isso no post anterior).

Chegando ao aeroporto, eu fiquei no motorhome com as crianças, esperando em um posto de gasolina que fica próximo ao “Car Rental Return” do aeroporto, enquanto o Gustavo foi até a Avis para devolver o carro. Ele fez a devolução e voltou andando da Avis até o posto para encontrar conosco e seguirmos viagem. Foi tudo super tranquilo e esse “processo” não demorou mais do que 20 minutos. Para quem tem interesse em fazer um esquema semelhante, o posto onde ficamos aguardando fica neste endereço: 5111 Grant McConachie Way, Richmond, BC V7B 0A4.

De lá, fomos direto para o Walmart, para fazer umas comprinhas e abastecer a geladeira e a despensa do motorhome. O supermercado que fomos fica na 3585 Grandview Hwy, Vancouver, BC V5M 2G7. Dali, pegamos a estrada rumo a Kamloops, cidade onde pretendíamos fazer o primeiro pernoite.

Walmart em Vancouver.
Walmart em Vancouver. Quanta coisa de hockey!
Walmart em Vancouver. Quanta coisa de hockey!

No caminho, nós paramos na cidade de Hope para jantar. O lugar é uma graça, em meio às montanhas. Comemos no Olympic Flame, um restaurante grego bem gostoso. A comida estava saborosa e o atendimento foi muito caloroso e simpático com as crianças, que ganharam material para colorir e giz de cera.

Restaurante grego, em Hope
Restaurante grego, em Hope

Depois, pegamos a estrada até Kamloops, ponto que escolhemos para “quebrar” o longo percurso de Vancouver até Jasper, nas montanhas rochosas canadenses. Em Kamloops, dormimos em um ponto de descanso para caminhões e motorhomes, chamado Flying-J. Lá é tipo um posto de gasolina, com um restaurante Denny’s e um espaço de estacionamento bem grandão, pertinho da rodovia. Fizemos free-camping no estacionamento e foi tranquilíssimo. Só não foi mais tranquilo porque vez ou outra, durante a madrugada, passava um trem pelas proximidades que fazia uma barulheira e o motorhome vibrava. Parecia um terremoto. Rsrsrsrsrs. Fora isso, nos sentimos seguros e a localização, ao lado de um Denny’s e de uma loja de conveniência, foi bem prática. Vários outros motorhomes também faziam pernoite ali, ao nosso lado. O endereço desse posto é 175 Kokanee Way, Kamloops, BC.

Posto onde pernoitamos, em Kamloops
Posto onde pernoitamos, em Kamloops
Posto onde pernoitamos, em Kamloops
A bela dormindo no motorhome
Posto onde pernoitamos, em Kamloops. Nosso motorhome é o primeiro da direita.

No dia seguinte, acordamos, tomamos café da manhã no Denny’s do próprio posto e pegamos estrada rumo a Jasper.

Posto onde pernoitamos, em Kamloops
Café da manhã no Denny’s
Café da manhã no Denny’s
Café da manhã no Denny’s

Assim foi a nossa primeira noite dormida em um motorhome. Em breve, farei um post só para falar sobre o motorhome em si. O aluguel, os valores, o funcionamento da coisa toda…

Abastecendo o motorhome para pegar a estrada

___________________________________________________________________________

 

Usou alguma dica do nosso blog? Conta como foi! Gostamos muito de receber o retorno dos nossos leitores. Ficamos felizes quando sabemos que nossas dicas foram úteis nas viagens de outras famílias!

___________________________________________________________________________

Siga o Pezinho na Estrada nas redes sociais: Facebook Instagram.

___________________________________________________________________________

Já reservou o seu hotel? Nós somos parceiros do Booking. Quando você faz a sua reserva usando o nosso link, nós ganhamos uma pequena comissão que nos ajuda na manutenção do blog e você não paga nada a mais por isso.
Booking.com

 

Pezinho na Estrada agora tem selo “Blog Expert em Viagem com Filhos”

Quando decidimos fazer o blog Pezinho na Estrada, a ideia era compartilhar com outras famílias e amantes da viagem as nossas experiências de viagem em família.

Recentemente fomos convidados para participar de um grupo super legal de famílias blogueiras viajantes, especializadas em viajar com filhos. Que honra poder fazer parte desse grupo!

Agora temos o selo de Blog Expert em Viagem com filhos. Os blogs que possuem esse selo, compartilham suas experiências reais de viagem em família e são expert no assunto. Quer saber quais são? A listinha está aqui embaixo.

A Próxima Parada – Agora com Bagagem Extra!

As Passeadeiras

Alemanha! Por que não?

Andreza Dica e Indica

Ases a Bordo

Atravessar Fronteiras

Baianos no Polo Norte

Bebê Piccolo

Café Viagem

Cantinho de Ná

Cariocando por Aí

Carregando Malinhas

Clube de Viagens Moms

Colagem

Com Filhos por Aí!

Crescendo e Viajando

Cumbicão

Cuore Curioso

De Petrolina para o Mundo

De Primeira Viagem

Descansa na Volta

Desempilhados

Diário de Viagem

Dias Viajando por Aí…

Dicas da Rege

Do RS para o Mundo

2 na Bagagem

E aí, Férias!

Eu Viajo Com Meus filhos

Família Viagem

Felipe, o Pequeno Viajante

Ferinhas Viajantes

Four Trip

Gosto e Pronto

Ir, Ver e Viver o Mundo

Lala on the Road

Londres com Crianças

Mala Inquieta

Malas e Malinhas

Malas e Panelas

Mamãe Tagarela

Maria Aqui e Ali

Mel a Mil pelo Mundo

Mezzo Mondo

Miles in Family

Ninho de Jiripoca

No Mundo com a Gente

O Rei do Hotel

Os caminhantes

Para a Disney e Além

Passeiorama

Pequenos pelo Mundo

Pezinho na Estrada

Por Aí com os Pires

Quatro Cantos do Mundo

Rascunhos de Fotografia

Retrip Viagens e Experiências

Rodando pelo Ceará

Roteirando

Travelbook

Tripbaby

Trilhas e Cantos

Valentina na Estrada

Vamos Aonde

Vamos por Aí

Vem pro Parque!

Vem que te Conto!

Viagem Simplesmente

Viagens de Mãe

Viagens que Sonhamos

Viajando com Palavras

Viajando de Carro

Viajando em Família

Viajante em Tempo Integral

Viajando por Aí

Viajar hei

Vida de Viajete

Vou Viajar

Wanna Disney pelo Mundo

Gostou de saber sobre os blogs que são especializados em viagem com crianças? Compartilhe essa informação com seus amigos!

Preparativos especiais para o Cruzeiro Disney

Viajar no Cruzeiro Disney é mesmo inesquecível e um pouquinho de planejamento extra antes da viagem pode ajudar a enriquecer ainda mais a experiência da sua família.

Compartilharemos nesse post algumas providências que tomamos antes de embarcar.

Conheça outras famílias que farão o mesmo cruzeiro

Essa foi uma dica que me passaram no grupo do Facebook “Viagens em Família”.

Se você digitar o nome do seu navio e a data do embarque na busca do Facebook, muito provavelmente aparecerá um grupo formado por pessoas que embarcarão no mesmo dia que você. Peça para participar. O nosso grupo, por exemplo se chamava “Disney Dream March 2, 2015”. A partir daí, será possível conhecer as outras famílias que farão o mesmo cruzeiro que você: o que fazem, de onde são, quais pessoas viajarão junto com eles, quais as expectativas quanto à viagem…

Uma coisa que é muito bacana é que muitos participantes são viajantes frequentes da Disney Cruise Line e têm dicas preciosas para dividir com os demais. Para citar só um exemplo, foi no grupo que eu fiquei sabendo que a Anna e a Elsa de Frozen estariam no navio, mas que para encontrar com elas era necessário agendar um horário e pegar uma senha o mais rápido possível no dia do embarque. Ufa! Conseguimos a senha e a Bela teve a oportunidade de conhecê-las. Se eu não estivesse no grupo, provavelmente nunca saberia disso, pois este evento especial não estava escrito ou divulgado em lugar algum do navio ou mesmo do site.

Também foi no grupo que fiquei sabendo sobre o próximo tópico que apresentaremos: a troca de presentes entre cabines (Fish Extender Gifts).

Participe da troca de presentes (Fish Extender Gifts)

Muitas pessoas que participam de cruzeiros Disney costumam organizar uma troca de presentes (lembranças) entre as cabines e é no grupo do Facebook que os grupos que participam da brincadeira são montados.

Eles chamam as lembranças de “Fish Extender Gifts” porque na porta de cada cabine há um ganchinho onde é possível pendurar avisos para os passageiros. O ganchinho é em forma de peixe, cavalo-marinho ou conchinha… Daí vem “Fish Extender”. As famílias preparam uma bolsinha para deixar pendurada no Fish Extender. Alguns adaptam uma sapateira, enfeitam e separam um bolso para cada membro da família. Outros costuram uma bolsinha especial só para ocasião. Há até quem compre a bolsinha já pronta na Etsy (tem vários modelos para vender).

Se você digitar “Fish Extender” no Google, verá a imensa diversidade de bolsas que são usadas nas portas. Se não quiser perder tempo preparando uma, também pode participar da brincadeira colocando alguma sacola simples mesmo, com o nome da família (só para as pessoas terem certeza de que estão na cabine certa).

Nós preparamos a nossa própria bolsinha de “Fish Extender” com um pouco de feltro que já tínhamos em casa. Vejam como ficou:

É dentro dessa bolsinha que as pessoas colocam os presentes.

Vejam abaixo o nosso Fish Extender cheio de presentes. Era muito divertido voltar e checar tudo o que haviam deixado lá.

 

Os presentes podem ser basicamente qualquer coisa… Lembrancinhas típicas do local de onde você vem, algo que possa lembrar o cruzeiro ou os personagens da Disney, algo feito por você mesmo… Deve ser sempre algo mais baratinho, pois várias famílias participam da atividade, então você precisará fazer um presente para cada família ou mesmo um para cada membro da família.

O nosso presente foi assim: uma caixa com paçoquinhas (doce típico do nosso estado), um chaveirinho com a bandeira do Brasil, livrinhos para colorir feitos por nós mesmos com personagens Disney e curiosidades sobre o Brasil / Brasil + Disney (a capa era personalizada com o personagem favorito da criança / um livrinho para cada criança), um enfeite para árvore de Natal em formato do Mickey, também feito por nós mesmos e um cata-vento nas cores da bandeira brasileira… Colocamos tudo em uma sacolinha e anexamos uma cartinha na qual explicávamos cada lembrancinha.

Abaixo, os enfeites que fizemos para a árvore de Natal (frente e verso).

Dentro do navio, será necessário separar um momento para sair com o mapa preparado pelo próprio grupo, distribuindo as lembranças nas portas das cabines.

Foi muito divertido e a Bela, nossa filha de pouco menos de 3 anos, foi uma super ajudante.

Nesta foto, a Bela ajudando a mamãe a carregar as sacolas:

 

Dezoito cabines participaram do nosso grupo e, no final, vejam só quantos presentinhos nós recebemos:

São ótimas recordações / souvenires da viagem, não acham?

Enfeite a porta da sua cabine

Quando andar pelo navio da Disney, você perceberá que muitas famílias enfeitam as portas de suas cabines com os nomes dos membros da família, personagens Disney ou o que a imaginação mandar… Pesquise no Google sobre “Disney Cruise stateroom doors” e veja a imensa variedade de imagens que vai aparecer.

Na minha opinião, é uma tradição bem legal. Tanto antes, como durante o passeio. É uma forma de interagir com as outras famílias a bordo e também de antecipar um pouco do divertimento da viagem.

Nós mesmos fizemos os nossos enfeites e foi uma delícia! Também ficamos muito orgulhosos quando vimos tudo grudado lá na porta. Recebemos muitos elogios por parte dos demais passageiros e dos funcionários do navio.

Se você pretende preparar enfeites para a sua porta, fique ligado! Não é permitido grudar nada nas portas com fita adesiva. Como as portas são metálicas, os enfeites devem ser grudados com ímã! Veja na foto abaixo, o teste que fizemos na geladeira de casa para ver se os enfeites iam “segurar” na porta.

 

Prepare suas fantasias de pirata

Se tiver “Pirate Night” no seu cruzeiro, entre no clima e se vista a caráter. Nem todo mundo vai vestido de pirata, mas muitas pessoas vão, então não fique de fora. Nós três fomos fantasiados e nos divertimos muito!

A minha fantasia e a do meu marido foram feitas por mim, improvisadas com coisas que tínhamos em casa e duas camisetas brancas baratinhas de supermercado. Fiz o colete e o cinto com camisetas velhas do marido. As bandanas são brindes do cruzeiro e eles deixam na cabine no dia da festa.

A fantasia da Bela, comprei na Amazon nesse link e mandei entregar no apartamento que alugamos no Airbnb e onde ficamos logo quando chegamos aos Estados Unidos. Foi baratinha (o dólar ainda tinha um preço razoável).

 

Gente, essa festa foi demais! A Bela aproveitou muito e fomos embora “na vassoura”.

Vejam só como a pequena aproveitou:

Leve fantasias para as crianças

Além das fantasias de pirata, não esqueça de levar outras fantasias que seus filhos possam ter. No dia do encontro com as princesas, quase todas as meninas vão vestidas de princesa. Então, se já tiver fantasias em casa, coloque na mala, pois, com certeza, as crianças vão querer usar.

Encontrando a Anna e a Elsa. Inesquecível.

É muito bacana quando as crianças passeiam pelo navio fantasiadas, pois os funcionários e os próprios passageiros sempre cumprimentam, elogiam, fazem brincadeiras, o que torna tudo ainda mais mágico.

Materiais para autografar

Quando fizemos o nosso cruzeiro em março, a Disney oferecia um serviço de cortesia muito legal. Era possível escolher dois objetos e deixá-los no balcão “Guest Services” junto com umas canetinhas para que os personagens pudessem autografá-los. Na última noite do cruzeiro, os itens e as canetinhas eram devolvidos na cabine com os autógrafos dos personagens.

Nós deixamos duas dessas “moldurinhas” de fotos para porta-retratos (não sei como se chama em português, mas em inglês são photo mats) com canetinhas coloridas + cartinha de agradecimento e caixas de paçoquinhas como agrado para os personagens e recebemos nossos photo mats assim:

 

Colocamos duas fotos do cruzeiro e hoje eles enfeitam a nossa sala e são uma lembrança perfeita daquele momento que vivemos:

Infelizmente, esse serviço não é mais oferecido desde agosto desse ano. Não se sabe ao certo o motivo, mas acreditam que seja o fato de a demanda ter aumentado muito, o que requeria muito tempo e esforço da equipe, conforme você pode ver nesse post do Disney Cruise Line Blog.

Mas por que eu contei isso tudo se não dá mais para fazer assim? É  que ainda há esperança. Rsrsrsrss. Os personagens podem dar autógrafos dentro do navio, sempre que você ficar na fila ou agendar um horário para encontrá-los (para encontrar as princesas, por exemplo, é possível agendar horário indo já no primeiro dia ao Guest Services). Neste caso, não esqueça de levar na bolsa o material que você deseja autografar. Essa ideia dos photo mats é bem “tradicional” nos cruzeiros Disney e nós achamos muito bacana, pois o porta-retrato fica exposto, sempre à vista, trazendo boas lembranças da viagem e dos personagens.

Livreto com orientações

Algumas semanas antes da viagem você receberá na sua casa um livreto com diversas orientações da Disney Cruise Line. Eles explicarão tudo direitinho. Como fazer o check-in, o que levar, o que não levar, quais as regras do navio… Não deixe de ler tudo.

No próprio livro há formulários para serem preenchidos e entregues no dia do embarque. Se não quiser rasgar o livrinho, os formulários também estão disponíveis no site da Disney Cruise Line (basta fazer o login e navegar na área dos preparativos para o cruzeiro – leia tudo nessa área também).

Uma dica importante é: preencha os formulários no site o mais rápido possível, pois você poderá escolher o horário em que deseja embarcar no navio. Os horários de embarque mais cedo são os mais disputados, pois quanto mais cedo se entra no navio, mais tempo se tem para aproveitar, claro… Então não perca a chance de ficar umas horinhas a mais no seu navio Disney.

Também é possível fazer antecipadamente no site a reserva de passeios nos portos de parada, reserva de restaurante exclusivo para adultos e reserva de horários no berçário.

Baixar aplicativo

A Disney Cruise Line tem um aplicativo bacana: o “Disney Cruise Line App”, disponível para Android e iOS.

Com ele você pode ter acesso a informações sobre programação e atividades durante toda a viagem. É uma boa ferramenta para ajudar a planejar seu dia no cruzeiro. É possível checar os menus dos restaurantes previamente, ver ofertas de compras, salvar as atividades favoritas em uma lista personalizada, descobrir onde os personagens estão aparecendo…

Ah! Uma coisa bem bacana do aplicativo é que é possível usá-lo para se comunicar com familiares e amigos por meio de um “chat”, enquanto estiver a bordo.

Vacina para febre amarela

Em qualquer viagem que se faça, é indispensável verificar e providenciar toda a documentação necessária com certa antecedência: passaportes, vistos, documentos de identificação, vacinas obrigatórias…

Para as Bahamas, é necessária a vacina contra febre amarela. Confessamos que ninguém pediu o nosso certificado de vacina em momento algum quando entramos no país. Mas podiam ter pedido, né? Então é melhor não arriscar…

Organizando a papelada para a próxima viagem: livretos, formulários preenchidos, documentos e, claro, as carteirinhas de vacina.

A vacina contra febre amarela é gratuita e, para fazer efeito, o viajante precisa ter se vacinado pelo menos 10 dias antes da viagem. Sua validade é de 10 anos. Depois que fizer a vacina, pegue seu comprovante e emita o seu Certificado Internacional de Vacinação. Aqui em São Paulo, isso é feito no Aeroporto de Guarulhos. Saiba mais neste link.

Para saber onde tomar a vacina da febre amarela em São Paulo, clique aqui.

Faça um check-list

Para essa viagem, há muitos itens não usuais que você não pode esquecer de colocar na bagagem, então não deixe de fazer um check-list. Enfeites para a porta, presentinhos do Fish Extender, fantasias de pirata, materiais para autografar, tags das malas (que eles mandam pelo correio), formulários preenchidos, certificados de vacina, além de todos os outros itens usuais de qualquer viagem/viagem à praia…

Se precisar de um ponta-pé inicial para fazer a sua check-list, algum tempo atrás fizemos esse post sobre o assunto.

Dica importante: mesmo com um destino caribenho, não deixe de colocar na mala pelo menos um casaquinho mais quentinho para cada membro da família. À noite pode esfriar um pouco nas partes externas do navio ou em ambientes com ar-condicionado mais forte.

Ah! E não deixe de ver a lista que a própria Disney fornece sobre o que levar e o que não levar a bordo. 😉

 

Essas são algumas das dicas que temos para o período pré-cruzeiro. No próximo post, falaremos um pouco mais sobre as coisas que rolam já dentro do navio. Até lá!