Bubba Gump Shrimp Co.: para comer bem e lembrar do “Forrest, Forrest Gump”

Quem não se emocionou assistindo ao Forrest Gump contando a história da sua vida, sentado em um banquinho no ponto de ônibus? Eu me emocionei MUITO e continuo me emocionando com esse filme indicado a 13 Oscar e ganhador de 6. Já assisti mais de dez vezes e, se eu estiver zapeando e der de cara com ele, não consigo mudar para outro canal. Toda vez que assisto, choro litros! Forrest Gump é tão parte das nossas vidas, que a canção original, composta por Alan Silvestri, tocou no nosso casamento durante a entrada da minha irmã e da daminha.

Forrest Gump, um dos maiores filmes de todos os tempos. Créditos do cartaz: Paramount Pictures

Imagine agora um restaurante totalmente inspirado em Forrest Gump: O Contador de Histórias. Melhor ainda: imagine que a especialidade do restaurante é camarão! Gostou da ideia? Então você precisa conhecer o Bubba Gump Shrimp Co., uma cadeia que conta atualmente com 40 restaurantes presentes nos Estados Unidos, México, Malásia, Londres, Hong Kong, Indonésia e Filipinas.

No filme, a empresa Bubba Gump Shrimp Co. foi fundada por Forrest em homenagem ao seu amigo Bubba, morto na guerra do Vietnã. Enquanto serviram juntos na guerra, Bubba não parava um segundo de falar sobre os camarões que sua mãe preparava. O nome da companhia é uma fusão dos nomes dos dois amigos. O negócio dá certo e é responsável pelo sucesso do protagonista no mundo dos negócios.

Bubba e Gump tornaram-se amigos quando serviram ao Exército. Créditos: Paramount Pictures

Na vida real, encontramos no menu do restaurante Bubba Gump principalmente pratos à base de camarão e frutos do mar, mas eles também servem pratos do sul dos Estados Unidos (já que Forrest era do Alabama) e da culinária cajun.

A culinária cajun – criada na Louisiana (também estado do sul) pelos descendentes colonos de origem francesa expulsos da Acadie, no leste do Canadá – está intimamente conectada às tradições culinárias francesas e espanholas trazidas pelos colonos. Cebola, aipo e pimentão, pimenta vermelha, orégano, páprica e alho estão entre os ingredientes que marcam os pratos dessa cozinha. Nos Estados Unidos, é muito comum encontrar pratos cajun (frango, arroz, frutos do mar…). Um bem famoso é o Jambalaya, uma espécie de “paella” da Louisiana e que está no cardápio do Bubba Gump.

Os nomes dos pratos no cardápio remetem a personagens e acontecimentos do filme: “Run Across America Sampler”, “Jenny’s Catch”, “Lt. Dan’s Surf & Turf”, “Mama’s Southern Fried Chicken”, “Forrest’s Seafood Fiest”, “Bubba’s After the Storm ‘Bucket of Boat Trash’”… Eles também têm um menu especial sem glúten.

O restaurante, totalmente kid-friendly, tem menu infantil, que vem com giz de cera para colorir. Os nomes dos pratos também remetem a personagens e a apresentação do prato é bem bacana, “old shool”, com o frango frito servido em um “jornal” e gelatina de brinde.

Mama Gump’s Chicken Strips
Cardápio infantil

Clique aqui e veja o menu completo do Bubba Gump.

O menu de bebidas é apresentado em forma de raquete de ping-pong (esporte que o Forrest jogou) e os drinks são deliciosos e criativos. Há várias opções sem álcool. A criançada se esbalda.

A Bela provando o Mango Sparkler (manga, limonada, Sprite e suco de laranja), mas ela preferiu ficar na limonada com mirtilo mesmo.
A Bela tomando a Louisiana Blue Lemonade, – limonada com mirtilo
CoronaRita – Corona + Marguerita

Na nossa última viagem à Flórida, fomos ao Bubba Gump do Bayside Marketplace (veja mais sobre esse shopping no post anterior). O restaurante tem um ambiente aberto, com mesas sob ombrelones e um espaço fechado com mesas estilo diner americana.

 

Bubba Gump Shrimp Co., Bayside Marketplace, Miami

A decoração, típica de restaurante americano de frutos do mar, é bem agradável. Figurinos usados no filme, fotografias, frases eternizadas pelos personagens prendem a nossa atenção por um bom tempo. Nas mesas, plaquinhas orientam o garçom a respeito da necessidade de serviço (“Run Forrest Run” ou “Stop Forrest Stop”).

Ambiente agradável do Bubba Gump.
Plaquinha para indicar aos garçons se precisa ou não ser servido e menu em forma de raquete.

Como todo bom restaurante temático americano, eles contam com uma boa loja de lembranças tentadoras, principalmente se você tem crianças no grupo. Elas querem comprar tudo!

Lojinha de souvenir
Lojinha de souvenir

Atualmente, o Bubba Gump Shrimp Co. pertence ao grupo Landry’s, do qual também fazem parte o Rusty Pelican, o Rainforest Cafe, o T-Rex Cafe, entre outros restaurantes.

Na nossa opinião, vale muito a pena conhecer o Bubba Gump. A nossa experiência com eles é de comida, atendimento, atenção à criança e ambiente excelentes.

Uma curiosidade off-topic: Em 2000, o ator Chris Pratt era garçom do Bubba Gump de Maui, no Havaí, quando foi descoberto pela diretora Rae Dawn Chong.

 

 

Bayside Marketplace: compras, restaurantes e lazer com vista para a Biscayne Bay (Miami)

Um programa gostoso de fazer em Miami Downtown é um passeio pelo Bayside Marketplace, uma espécie de shopping outdoor cheio de charme e localizado em frente à Biscayne Bay (a vista para a baía é linda).

Bayside Marketplace. Créditos: Averette, http://creativecommons.org/licenses/by/3.0/
Daqui saem vários passeios de barco

O Bayside, que vive lotado de turistas, tem diversas opções de lojas, restaurantes e cafés. De lá saem diversos passeios de barco e sightseeing tours. À noite tem shows com música ao vivo.

Vista do Bayside Marketplace e Miami Downtown à noite. Créditos: Xynn Tii – https://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/2.0/ – https://www.flickr.com/photos/xynntii
Bayside lotado de turistas

Como chegamos a Miami cedinho, nosso apartamento ainda não estava liberado para check-in. Aproveitamos para resolver as primeiras questões de logística (compra do chip americano para o celular, troca da cadeirinha veicular da locadora pela nossa própria, compra de comes e bebes – do jeitinho que relatamos no post anterior). Quando acabamos de resolver tudo, já estava na hora do almoço.

Ainda estávamos com o carro carregado de bagagens, cansados da viagem, vestindo as mesmas roupas que usamos quando saímos de São Paulo no dia anterior. Mas era preciso esperar o apartamento ficar pronto, então paciência…

Assim, partimos para almoçar. Lembrei que precisávamos ir a algum lugar onde pudéssemos estacionar com alguma segurança, já que as nossas malas estavam no carro. Quando comentei isso, eu e o meu marido falamos ao mesmo tempo: “Bayside Marketplace!”. Bem, na verdade, ele falou “Aquele shopping que fica em frente ao mar e que tem um Hard Rock Cafe”, o que no fundo é a mesma coisa, certo? Estávamos em sintonia, então partimos para lá.

Vale destacar que não faço a mínima ideia de se o lugar é seguro para estacionar com bagagem no carro. Só pensamos que como o estacionamento é pago, fechado e fica em um lugar bastante movimentado, o risco de termos as malas roubadas seria ligeiramente menor. Então arriscamos e, quando voltamos, ainda estava tudo lá. Graças a Deus! [UPDATE: Parece que nem lá o estacionamento é seguro para quem está com compras no carro. Vejam nos comentários desse post o depoimento de uma pessoa que teve o carro arrombado nesse estacionamento. Que triste isso, gente! Esse tipo de ocorrência, infelizmente, tem se tornado cada vez mais frequente na Flórida].

Embora Miami tenha outras opções melhores para compras, como é o caso dos outlets, o Bayside tem boas lojas e os preços não são ruins. Se estiver rolando alguma liquidação, pode-se encontrar preços semelhantes aos dos outlets. Entre as lojas, algumas das favoritas dos turistas brasileiros, como Gap (Baby, Kids e adulto), Claire’s (os acessórios de lá são super fofos), Crocs, Disney Store (quando fomos nessa última viagem estava quase tudo em promoção e fizemos umas comprinhas por lá), Foot Locker (de artigos esportivos), Gamestop (o paraíso para quem curte videogame – marido faz a festa!), Guess, Sunglass Hut, Victoria’s Secret, entre outras. Lá também tem muitas lojinhas de souvenir e presentinhos em geral.

Bela colorindo na Disney Store
Fez questão de carregar ela mesma as comprinhas da Disney Store

Para ver a lista completa das lojas do Bayside Marketplace, clique aqui .

No quesito alimentação, o Bayside Market tem muitas boas opções de restaurantes, cafés, bares e sorveterias. Hard Rock Cafe, Hooters, Bubba Gump Shrimp Co. (vamos falar sobre ele no próximo post) e os bem avaliados no TripAdvisor, mas que ainda não testamos: Los Ranchos Stakehouse, Five Guys Burger (falam que hambúrguer de lá é divino) e Let’s Make a Daikiri (bar).

Para ver a lista completa dos restaurantes do Bayside Marketplace, clique aqui.

Os horários de funcionamento do Bayside são: de segunda a quinta, das 10h às 22h; sexta e sábado, das 10h às 23h; domingo, das 10 às 21h.

Daqui saem os passeios de barco
Acho que a Bela quer sorvete
Frente do Bayside Marketplace. Créditos: http://creativecommons.org/licenses/by/3.0/

Para chegar lá, digite no GPS: 401, Biscayne Boulevard. Quando chegar em frente ao shopping, siga as placas “Parking” ou “Parking Garage” (estacionamento). O estacionamento é pago e varia de acordo com o tempo que você passar lá. Para saber os valores, clique aqui. Você pode pagar o estacionamento em um dos terminais de autoatendimento situados entre o estacionamento e o shopping.

Para quem vai com crianças, é super tranquilo passear com carrinho, há banheiros com trocadores e restaurantes kid-friendly. Eles também oferecem o serviço de aluguel de cadeira de rodas e há um centro de informações ao visitante.

Bônus: American Airlines Arena

O shopping fica bem ao lado da American Airlines Arena, ginásio onde joga o time da NBA, Miami Heat, e onde há muitos shows musicais. Uma boa ideia de programa é casar passeio no Bayside + comidinha gostosa em algum restaurante de lá + jogo de basquete do Miami Heat. Sucesso garantido!

American Airlines Arena. Créditos: Edgar Serrano – http://creativecommons.org/licenses/by/3.0/
Jogo do Miami Heat. Créditos: Melanie Applegate – https://creativecommons.org/licenses/by-nd/2.0/ – https://www.flickr.com/photos/melanietippsphotography/

Frequentar eventos esportivos é um dos nossos programas favoritos nos Estados Unidos. Eles transformam as partidas em verdadeiros espetáculos. Achamos que vale muito à pena viver essa experiência. Quem acompanha o blog, sabe que já assistimos jogos dos New York Yankees, Anaheim Ducks e Los Angeles Lakers.

É um programa divertido e super tranquilo para fazer com crianças. Uma dica importante é: lembre de comprar os ingressos com antecedência. Para saber mais, leia: http://pezinhonaestrada.com/2014/10/14/los-angeles-anaheim-e-arredores-da-capital-mundial-do-cinema-ao-berco-da-disney/ e http://pezinhonaestrada.com/2014/08/05/nova-york-com-bebe-de-um-ano-parte-4-go-yankees/ .

Miami: depois do enxoval, curtir a cidade!

Vocês já viram aqui que fomos a Miami para fazer o enxoval da nossa filha e aproveitamos a oportunidade para curtir um pouco da cidade.

Cogitamos ir a Orlando para curtir algum parque temático, mas não deu.  A maior parte dos brinquedos legais não é indicada para gestantes, então não fazia sentido algum pegar algumas horas de estrada. Seria muito cansativo e pouco proveitoso.

Fizemos passeios na região de Miami e Fort Lauderdale e valeu muito a pena. Essa região é uma delícia e o que não falta é coisa legal para fazer.

Fort Lauderdale

No nosso primeiro dia de folga, pegamos o carro e partimos para a praia! Destino: Fort Lauderdale, uma cidade que fica pertinho de Miami e tem uma orla extensa de areias branquinhas banhadas pelo Atlântico.

Fort Lauderdale
Fort Lauderdale

A cidade tem uma infraestrutura excelente. Na praia, cadeiras confortáveis, guarda-sóis, salva-vidas, muitos restaurantes, lojinhas, galerias, cafés, marinas, canais. A paisagem mistura água, canais e barcos no espaço urbanizado, conferindo uma atmosfera deliciosa ao lugar.

Passamos a manhã curtindo a praia, tomando sol e nos divertindo assistindo os pássaros que frequentam a área.

Para almoçar, tinha muitas opções ali pela praia mesmo (estávamos na areia bem em frente a um Bubba Gump), mas eu já tinha saído do Brasil com uma ideia fixa de onde gostaria de comer. Como sou alucinada por caranguejo, eu queria muito ir a um restaurante especializado, já que falam que ali pela região os caranguejos são maravilhosos. E que lugar melhor para fazer isso que na Rustic Inn Seafood and Crabhouse, Florida’s 1st Crab House (a primeira casa de caranguejos da Flórida)? Foi a melhor coisa que a gente podia ter feito. Indico o restaurante de olhos fechados, sem medo de errar. Não fica na praia, então precisamos pegar o carro para chegar até lá.

Caranguejo!!!
Caranguejo!!!

É um restaurante familiar, que existe desde 1955 e fica ao lado de um canal. Entre a clientela famosa que já esteve por lá, estrelas como Marilyn Monroe, Barbra Streisand, Frank Sinatra, Johnny Depp, Vanilla Ice, entre outros. Pedimos o Crab Sampler, que vem com todos os tipos de caranguejo que eles servem. Desejo de grávida satisfeito em alto estilo. Que vontade de voltar lá agora mesmo! Tudo delicioso e com preço justo.

No cardápio, algumas das celebridades que já passaram por lá
No cardápio, algumas das celebridades que já passaram por lá

Em Fort Lauderdale também vale o passeio em Las Olas Boulevard, uma avenida bem charmosa, arborizada e cheia de lojas, restaurantes, galerias.

Miami Beach e Miami Downtown

Muita gente acha que Miami é um destino totalmente voltado para compras, mas há muitas outras coisas legais para fazer por lá. Praias com boa infraestrutura, restaurantes, lojinhas, marinas, galerias de arte, vida noturna agitadíssima, passeios de barco pela baía…

Miami Beach tem um grande número de construções em Art Deco, consideradas sítios históricos nacionais. A Miami Design Preservation League oferece tours guiados ou auto-guiados (com áudio) pelo distrito Art Deco, com informações sobre os prédios e a história da região. Veja aqui mais informações.

O porto de Miami fica entre Miami Beach e Downtown Miami, e é um dos portos de passageiros mais importantes do mundo. De lá saem muitos cruzeiros para o Caribe, incluindo alguns da Disney.

Porto
Porto

As influências latinas podem ser percebidas em diversos aspectos em Miami. Desde a língua espanhola, que é o primeiro idioma de muitos que vivem lá, até bairros inteiros com influências latinas, como é o caso de Little Havana, lar de muitos imigrantes cubanos e latino-americanos em geral.

Crédito: Infrogmation
Crédito: Infrogmation

Para quem gosta de esportes, Miami tem grandes times e pode ser uma experiência incrível assistir a algum jogo nos Estados Unidos. Os jogos lá são verdadeiros espetáculos. Muita animação, torcidas apaixonadas, entretenimento no telão, com brincadeiras que envolvem a plateia, sorteios de brindes, desafios para os torcedores, câmera do beijo, muitas vezes até bandas animam a torcida ao vivo. Esse é um dos nossos programas favoritos quando vamos aos Estados Unidos. Assistir a algum jogo de um time local. É sempre muito emocionante. Os principais times de Miami são: Miami Marlins (baseball), Miami Heat (basquete) e Miami Dolphins (futebol americano). Os ingressos precisam ser comprados com antecedência e nos sites dos times sempre tem o link para a compra. Quanto mais cedo comprar, maior a probabilidade de encontrar bons lugares, com bons preços.

Compras de novo!

Sei que já falei aqui sobre compras em Miami e sobre o Sawgrass Mills, um super outlet próximo a Miami.

Outros shoppings legais são:

Dolphin Mall

Imenso, com uma área grande de entretenimento, muitos restaurantes (até de comida brasileira), e uma Cheesecake Factory que tem fila grande de espera. Para quem não conhece, esse restaurante é muito legal. Pratos deliciosos e bem servidos e cheesecakes de comer rezando. O Red Velvet é um dos mais tradicionais e é maravilhoso!

Red Velvet cheesecake
Red Velvet cheesecake

Bayside Marketplace 

É um shopping com conceito outdoor, que, como o próprio nome diz, margeia a baía, o que significa que a vista de lá é linda. Daquele ponto saem muitos passeios de barco.

Créditos: Daniel Cruz
Créditos: Daniel Cruz

É um lugar agradável para fazer umas comprinhas e comer. Tem vários restaurantes legais, entre eles, Bubba Gump, Hard Rock Café e Hooters.

Merrick Park 

Localizado em Coral Gables, esse shopping é mais caro e pode assustar um pouco quem já se acostumou com os preços dos outlets. Fomos parar lá porque estávamos procurando uma Pottery Barn Kids (loja cheia de coisas fofas e lindas para bebês e crianças, chequem o site). Tivemos uma agradável surpresa ao chegar lá e dar de cara com jardins lindos em um espaço aberto e convidativo.

Pátio do Merrick Park
Pátio do Merrick Park

Lincoln Road

É uma avenida localizada em Miami Beach, repleta de lojas (tem loja da Apple!), galerias, cafés e restaurantes. Parte da rua é fechada para carros. Os calçadões ficam repletos de mesinhas com guarda-sóis, gente bonita passeando para todos os lados. Dá para passar o dia passeando naquele lugar.

Lincoln Road
Lincoln Road

Parque Nacional de Everglades

Infelizmente não deu para irmos ao parque, mas é um passeio que ficou na minha lista de prioridades para uma próxima visita. Fica aqui a dica para quem tiver interesse. É a maior área subtropical preservada na América do Norte, refúgio para espécies ameaçadas como o crocodilo americano, a pantera da Flórida e o peixe-boi.

Foto: http://pixabay.com/en/usa-miami-everglades-crocodile-202436/
Foto: http://pixabay.com/en/usa-miami-everglades-crocodile-202436/

O parque fica pertinho de Miami e é uma espécie de Pantanal americano. Veja mais informações aqui. 

Mais comida!

Saindo da badalação de Miami Beach e Fort Lauderdale (ambas repletas de restaurantes legais), encontramos um restaurante de rede muito bacana que ainda não conhecíamos, pertinho do nosso hotel. O Fuddruckers. Hambúrguer absolutamente delicioso e gigante, com um buffet de saladas para você mesmo incrementar o seu lanche, atmosfera vibrante e escurinho de diner americana. A batata? Uma das melhores que já comemos. Notamos que o ambiente é bem familiar, repleto de crianças. Vale buscar o mais próximo e fazer uma refeição por lá. Além dos Estados Unidos, o restaurante pode ser encontrado no Canadá, na República Dominicana, no México, em Porto Rico, na Itália, no Chile e no Panamá.

O pequeno hambúrguer de lá
O pequeno hambúrguer de lá