Blogagem coletiva – Nossas 5 melhores viagens em família

A família Pezinho na Estrada participa do grupo Viagens em Família, do Facebook. Vez ou outra as famílias viajantes do grupo se organizam e fazem uma blogagem coletiva, postando todos juntos sobre o mesmo tema. Essa é a primeira vez que vamos postar junto com eles e estamos felizes por poder participar desse movimento.

Nessa blogagem, os participantes vão contar quais foram suas três, quatro ou cinco melhores viagens em família. Aqui está a nossa lista, sem ordem de preferência:

 

  1. Flórida + Bahamas 2015 (“A melhor viagem é sempre a próxima”)
Preparando tudo para a próxima viagem

Gosto de pensar que ainda não fizemos a nossa melhor viagem, que essa tal “top of the top” ainda está por vir… E quando ela vier, a próxima passará a ser a top.

Daqui a exatamente quatro dias pegaremos o voo para a Flórida. Ficaremos uns dias em Miami, Fort Lauderdale, Cocoa Beach e então embarcaremos no cruzeiro Disney Dream para as Bahamas (Nassau + Castaway Cay, que é a ilha privativa da Disney). Desenhamos um roteiro super família, com bastante foco em aproveitar momentos de qualidade com a nossa Bela.

Entre os passeios programados, temos Miami Children’s Museum, Bill Bags Cape Florida State Park, Kennedy Space Center, muita praia…

Já no navio, a programação-família com selo de qualidade Disney promete! Estamos planejando tudo há algum tempo e já nos organizamos inclusive para participar de algumas brincadeiras de interação com as demais famílias navegantes (troca organizada de presentes – Fish Extender ou simplesmente FE Gifts, porta decorada, reuniãozinha estilo “Meet and Greet”, customizamos fantasias de pirata para a Pirate Night e participamos de um grupo do Facebook formado só por famílias que embarcarão no mesmo dia).

Quando voltarmos dessa viagem, terei o maior prazer em dividir com vocês a nossa experiência aqui no blog.

 

  1. Califórnia 2014

 

A nossa road trip pela costa oeste americana, que contamos detalhadamente nos posts listados aqui.

Roteiro cuidadosamente planejado com foco na realização de muitos de nossos sonhos: San Francisco (até cruzamos a Golden Gate Bridge pedalando com uma criança de menos de 2 anos!), Sausalito, Muir Woods, Monterrey, Carmel, Big Sur (com direito a algumas das paisagens mais lindas que já vimos na vida), Santa Barbara, Vale de Santa Ignez, Solvang, Camarillo, San Diego, Los Angeles, Hollywood, Santa Monica, Anaheim (Disneyland!). Só de mencionar os nomes dos locais por onde passamos, já vai aumentando exponencialmente a minha vontade de voltar correndo pra lá. Ah! E é uma viagem perfeita para fazer em família.

 

  1. Nova York 2013

 

A viagem a Nova York foi a primeira viagem internacional da nossa Bela, que, na época, tinha acabado de completar um ano. Também era uma viagem há muito tempo desejada por mim e pelo Gustavo.

Não tem como não amar a cidade e cada pedacinho dela. A cada esquina nos lembramos de um filme ou de algo que sempre vemos na televisão. Ter o privilégio de caminhar por aquelas ruas, de passar uma tarde aproveitando o Central Park, de conhecer verdadeiros ícones da arquitetura e da história dos Estados Unidos e mesmo do mundo juntinho com a minha família… Isso não tem preço.

Contamos sobre essa experiência em uma série de seis posts que podem ser encontrados nesse link.

 

  1. Punta Cana 2011 (quando fomos uma família oficialmente pela primeira vez)

 

A primeira vez que me dei conta, durante uma viagem, que eu e Gustavo agora formávamos de fato uma família foi na nossa lua-de-mel em Punta Cana, quando, no ato do check-in, fui chamada de Mrs. Ramos. Também foi lá que a família começou a crescer, pois “encomendamos” a nossa joia mais preciosa, nossa herança, nossa bênção: Isabela. Sim! Eu engravidei na nossa lua de mel, mas nós só descobrimos isso quando já estávamos no Brasil. Minhas amigas brincavam e diziam que ela devia se chamar Dominique, por ter sido feita na República Dominicana.

Tecnicamente, podemos dizer que essa foi a primeira viagem da Bela, ainda uma sementinha bem pequenininha, menor que um tic-tac, dentro da barriga da mamãe. Pretendemos um dia retornar todos juntos para o mesmo lugar onde ela foi gerada para contar a ela o quanto o papai e a mamãe estavam felizes e desejando que ela viesse para nos completar.

Nessa viagem, ficamos hospedados no Barceló Bávaro Pálace Deluxe em uma suíte oceanfront (pé na areia mesmo – era só abrir a porta do quarto, passar pelo nosso terraço com hidro e pisar na areia da praia), com todas as regalias que o Premium Club dá direito. Para quem gostou e tem interesse, essa é uma viagem super kid friendly, ótima para descansar e curtir a família.

 

  1. João Pessoa / PB sempre!

 

Deixamos para citar esse destino por último porque, com certeza, ele é o mais importante para a nossa família. Para quem ainda não nos conhece, somos paraibanos, mas moramos em São Paulo há seis anos. A Bela, embora produzida na República Dominicana, nasceu em São Paulo. É uma paulistana com um coração bem apaixonado por “Jom Pechoa”, onde os avós, bisas, tios, primos e muitos amiguinhos moram. Amamos São Paulo, mas ficar tanto tempo longe da nossa terra e da nossa família é de partir o coração. Por isso, vamos algumas vezes por ano a João Pessoa. As idas e vindas ao nordeste já renderam à Bela uma quantidade de milhas voadas que se equipara a de uma comissária de bordo (risos).

É maravilhoso poder passear por lá. Praias com águas mornas, recifes de corais, passeio pela calçadinha, fim de tarde no Mag, caranguejo no molho de coco, ensopadinho de camarão, carne de sol com rubacão, cachorro-quente do Mundial Lanches, sorvete de fruta da Friberg, Mangai… Há muito tempo estou devendo uma série de posts com muitas dicas sobre João Pessoa (vai sair, prometo!), que, além de tudo, está estrategicamente localizada entre outras duas capitais nordestinas: Natal e Recife (a menos de duas horas de cada). Aliás, um roteiro envolvendo os três estados (Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco) seria uma road trip super bacana para curtir em família.

Então é isso, pessoal. Podemos rodar o mundo, mas o nosso coração sempre nos levará de volta a João Pessoa.

 

Veja aqui quais as viagens favoritas das outras famílias do grupo:

1 – Felipe, o pequeno viajante – Claudia Rodrigues – http://felipeopequenoviajante.blogspot.com.br/2015/02/melhores-viagens-em-familia.html#more

2- Bebê Piccolo – Kelly Resende: http://bebepiccolo.blogspot.com.br/2015/02/blogagem-coletiva-as-nossas-5-melhores.html

3- Viagens que Sonhamos – Francine Agnoletto

http://www.viagensquesonhamos.com.br/2015/02/5-destinos-para-viajar-em-familia.html

4- Mosaicos do Sul – Claudia Bins – http://mosaicosdosul.blogspot.com.br/2015/02/blogagem-coletiva-as-nossas-5-melhores.html

5 – Viajando com Pimpolhos – Sut-Mie Guibert: http://viajandocompimpolhos.com/2015/02/22/blogagem-coletiva-5-melhores-viagens-em-familia/

6 – Vida de Turista – Thiago Busarello – http://www.vidadeturista.com/artigos/5-melhores-viagens-em-familia.html

7 – Gosto e Pronto – Debora Segnini http://www.gostoepronto.com/2015/02/as-nossas-5-melhores-viagens-em-familia/

8 – Viajando com Palavras – Thyl Guerra: http://viajandocompalavras.com/2015/02/22/blogagem-coletiva-melhores-viagens-familia/

9 – Viajando em Família – Débora Galizia: http://viajandoemfamilia.hospedagemdesites.ws/as-cinco-melhores-viagens-em-familia-cruzeiro-disney-orlando-cancun-california-e-paris/

10 – Trilhas e Cantos – Liliane Inglez – http://trilhasecantos.blogspot.com.br/2015/02/as-melhores-viagens-em-familia.html

11 – Pezinho na Estrada – Anna Karla Moura Ramos – http://pezinhonaestrada.com/2015/02/22/blogagem-coletiva-top-five/

12- Mamãe Tagarela – As Melhores Viagens de Pititico – http://www.mamaetagarela.com/as-melhores-viagens-de-pititico/

13  – Brasileiros Mundo Afora – Família Bömmels – http://www.brasileiros-mundo-afora.com/2015/02/as-melhores-viagens-em-familia.html

14 – Minha pele é melhor que a sua –  http://minhapeleemelhorqueasua.blogspot.com.br/2015/02/blogagem-coletiva-nossas-5-melhores.html

15 – Ir, ver e viver o mundo – Cláudia Cruz – http://irvereviver.blogspot.com/2015/02/6-blogagem-coletiva-as-3-melhores.html

16 – Eu viajo com Meus Filhos – Patricia Papp – http://viajocomfilhos.com.br/2015/02/nossas-5-melhores-viagens-em-familia-blogagem-coletiva/

17 – It Babies– Valeria Beirouth – http://itbabies.net/2015/02/22/blogagem-coletiva-top-4-das-melhores-viagens-da-nossa-familia/

18 – Viagem Simplesmente – Susana Spotti – http://viagemsimplesmente.blogspot.com.br/2015/02/5-melhores-viagens-em-familia.html

19 – Registros de uma Mãe Carioca – Claudia Cosentino – http://registrosdeumamaecarioca.blogspot.com.br/2015/02/nossas-5-melhores-viagens-em-familia.html

20 – Mala Inquieta – Renata Luppi http://www.malainquieta.com.br/blogagem-coletiva-nossas-melhores-viagens-em-familia/

21 – Baianos no Polo Norte – Livi Souza http://baianosnopolonorte.com/blogosfera/5-melhores-viagens-da-nossa-familia/

22- Andreza Dica & Indica Disney – Andreza Trivillin – http://www.andrezadicaeindicadisney.com.br/2015/02/blogagem-coletiva-melhores-viagens-em-familia.html

23- Ases a Bordo – Ana Luiza Ogg Strauss & André Strauss – http://www.asesabordo.com.br/top5/

24 – Lala on the road – Manuela Andrade – http://www.lalaontheroad.com/?p=591

25 – Para a Disney e Além! – Carlos e Isabel Monteiro – http://www.paraadisneyealem.com.br/2015/02/blogagem-coletiva-as-cinco-melhores.html

26 – Rascunhos de Fotografia – Jamille Andrade – http://www.rascunhosdefotografia.com.br/blogagem-coletiva/

27 – Batendo perna pelo mundo – Amanda Lago – http://www.batendopernapelomundo.com/2015/02/viajando-em-familia-nossas-5-melhores.html

28 – Colagem – Luciana Misura – http://luciana.misura.org/2015/02/22/5-melhores-viagens-com-criancas-blogagem-coletiva/

29 – Do RS para o Mundo – Andrea Almeida Barros – http://dorsparaomundo.blogspot.com.br/2015/02/as-5-melhores-viagens-em-familia-6.html

30- Viajar hei – Patricia Longo Tayão – http://www.viajarhei.com/2015/02/nossas-melhores-viagens-em-familia.html

31 – Familia Viagem – Simone Hara & Mônica Souza – http://www.familiaviagem.com.br/2015/02/22/blogagem-coletiva-nossas-5-melhores-viagens-em-familia/

32 – Cantinho de Ná – Cynara Vianna – http://cantinhodena.com.br/nossas-5-melhores-viagens-em-familia/

33 – Bora com a Gente – Andréa Lopes – http://boracomagente.blogspot.com.br/2015/02/blogagem-coletiva-as-nossas-5-melhores.html

34-Os Caminhantes-Marcia Tanikawa – http://oscaminhantes.com/2015/02/blogagem-coletiva-as-nossas-5-melhores-viagens-em-familia.html

35- A Próxima Parada-  Aressa Baffi – http://aproximaparada.blogspot.com.br/2015/02/postagem-coletiva-melhores-viagens-em.html

36- Viajando de Carro – Rosângela LVS – http://viajandodecarro.com.br/?p=6127&preview=true

37 – Espelho de si – Trícia Ferreira – http://www.espelhodesi.com.br/2015/02/bc-as-5-melhores-viagens-em-familia.html

38- Roteiro Renatours – Renata Ungier – http://roteirorenatours.com/2015/02/22/blogagem-coletiva-nossas-5-melhores-viagens-em-familia/

39 – E aí, Férias! – Camila Faria – http://www.eaiferias.com/2015/02/blogagem-coletiva-as-nossas-melhores-viagens-em-familia.html

40 – Guaciara Rhein – Guaciara Rhein – http://guaciara.blogspot.com.br/2015/02/blogagem-coletiva-as-5-melhores-viagens.html

41 – Vou Viajar – Lu Aquino – http://vouviajar.blogspot.com.br/2015/02/blogagem-coletiva-3-viagens-classicas.html

42 – Viagem com Gêmeos – Erica Piros Kovacs – http://viagemcomgemeos.com/2015/02/25/blogagem-coletiva-nossas-melhores-viagens/

43 – Desempilhados – Tati Rosa Domingues – http://www.desempilhados.com/2015/02/uskudar-turquia-lakeridge-orlando-florida-portorico-shark-encounter-gansbaai-mergulho-tubarao.html

 

44 – Malas e Panelas – Andrea Martins – http://malasepanelas.com/viagens-em-familia-nossas-5-melhores/

 

45 – Inventando com a Mamãe – Chris Ferreira – – http://inventandocomamamae.blogspot.com.br/2015/02/nossas-5-melhores-viagens-em-familia.html

46 – O Mundo Disney – Daniele Dias – http://omundodisney.com/2015/02/28/blogagem-coletiva-as-5-melhores-viagens-em-familia/

47 – Malas & malinhas – Bárbara Calmeto –https://wwwmalasemalinhas.wordpress.com/2015/02/28/blogagem-coletiva-5-melhores-destinos-em-familia/

Roteiro de 15 dias pela Califórnia – Post Índice

A nossa viagem de 15 dias pela Califórnia foi maravilhosa e foi super legal poder dividir com vocês os momentos inesquecíveis que vivemos por lá.

Agora que concluímos a publicação de todos os posts, vamos deixar aqui esse post índice ;). Ele ajudará a encontrarmos com mais facilidade as informações que precisamos.

Para ler sobre cada post, é só clicar nos links sublinhados, ok?

🙂 Post 1
Califórnia / Pacific Highway (roteiro de 15 dias pela costa oeste americana – o começo de tudo)

Um resumão sobre o nosso roteiro, incluindo melhor época para ir, um quadro com a distribuição dos dias, cidades e atividades, informações sobre o voo, o carro alugado, a quilometragem total percorrida, os hotéis onde nos hospedamos, o nosso seguro-viagem e outras dicas.


 

🙂 Post 2
San Francisco, CA: roteiro de 5 dias na cidade que vai muito além da Golden Gate Bridge

Nosso hotel em San Francisco, compras na Union Square, cable car, Lombard Street, Fisherman’s Wharf e Pier 39. A experiência de cruzar a Golden Gate Bridge de bike, a cidade de Sausalito, a baía de San Francisco, o Ferry Building, Chinatown, The Haight, o Golden Gate Park e Muir Woods National Monument.


 

🙂 Post 3
Monterey, Carmel e Big Sur: paisagens exuberantes e lugares inesquecíveis ao longo da California 1

Falamos sobre a Cannery Row e o Monterey Bay Aquarium. No dia seguinte, fizemos a 17 Mile Drive, com as paisagens fantásticas de Pebble Beach. De lá, terminamos na charmosíssima Carmel, onde almoçamos e depois percorremos uma das estradas cênicas mais belas do mundo: a California 1, no trecho do Big Sur.


 

🙂 Post 4
Santa Barbara, CA: uma cidade que vale a parada (com bate-volta em Solvang e Santa Ynez Valley)

Nesse post, a nossa estrela é a belíssima Santa Barbara. Tentamos provar por A+B que vale a pena incluí-la em qualquer road trip californiana. Contamos sobre o bate-volta que fizemos até Solvang e as vinícolas do Vale de Santa Ynez.


 

🙂 Post 5
Camarillo Premium Outlets: uma parada para compras na Califórnia

Esse foi o nosso dia reservado para compras. Falamos sobre o outlet, o hotel onde ficamos, bem próximo ao shopping e demos dicas de descontos e restaurantes.


 

🙂 Post 6
San Diego, CA: paisagens lindas, diversão e história no extremo sul da Califórnia

A histórica e bela San Diego, com a encantadora praia de La Jolla e o San Diego Zoo. Passamos a dica do Phil’s BBQ, a melhor churrascaria da cidade, adorada pelo Adam do Man v. Food. Também falamos sobre coisas que queríamos ter feito e não fizemos (tipo… ficar um mês inteiro lá).


 

🙂 Post 7
Los Angeles, Anaheim e arredores: da capital mundial do cinema ao berço da Disney

Disneyland e Disney California Adventure, Hollywood, Los Angeles, Beverly Hills e Santa Monica. Jogo de basquete dos LA Lakers, no Staples Center, e de hóquei no gelo dos Anaheim Ducks, no Honda Center.


 

🙂 Post 8
21 coisas que você precisa saber antes de ir à Disneyland

Preparamos um post só com dicas especiais sobre a Disneyland e a Disney California Adventure. Muitas das dicas servem também para outros parques temáticos.


 

Além dos links, deixamos esse mapa com os nossos principais pontos de parada. Assim, você poderá visualizar espacialmente como fomos descendo pela costa oeste americana. Para quem não está familiarizado com a ferramenta Google Maps, vamos deixar um “mini tutorial”:

Clicando no quadradinho com tracinhos e pontinhos (no topo, lado esquerdo), aparecerá um menu. Nele, você poderá habilitar e desabilitar camadas. Assim, se quiser ver só os hotéis, é só deixar só as caminhas amarelas “acesas”. Se quiser ver só os principais pontos visitados, clique na camada da bolinha vermelha. Os aeroportos de chegada e partida são os aviõezinhos. Se quiser ver tudo ao mesmo, deixe tudo habilitado. Também é possível clicar no quadradinho de baixo, ao lado esquerdo e escolher como prefere ver o mapa (básico ou com imagem de satélite). Nos botões do topo, à direita, é possível compartilhar o mapa ou mesmo escolher a visualização de tela inteira.

Esperamos que tenham gostado e que nossos posts tenham sido úteis de alguma forma: seja despertando em você o desejo de conhecer a Califórnia (e se isso aconteceu, ficamos na torcida para que o desejo logo se torne realidade), seja auxiliando no planejamento da viagem que você já tinha decidido fazer.

Para nós, foi muito gostoso relembrar esses momentos. A vontade de voltar correndo para a Califórnia só aumenta (cada dia mais). 😉

Monterey, Carmel e Big Sur: paisagens exuberantes e lugares inesquecíveis ao longo da California 1

Depois da nossa passagem por San Francisco, que vocês puderam conferir nesse post, seguimos com destino a Monterey, onde dormimos e no dia seguinte fomos ao aquário, 17 Mile Drive, Carmel e Big Sur.

Esse deve ser, talvez, o trecho mais belo do nosso roteiro de 15 dias. Mas, ao mesmo tempo, sinto que dizendo isso, estou negligenciando as belezas de San Francisco e Santa Barbara e a incrivelmente encantadora La Jolla, em San Diego. Ok, retiro o que disse, mas sintam o drama: o trecho de Monterey/Carmel/Big Sur deve estar, sem dúvida, entre os lugares mais bonitos do mundo e isso inclui tanto as paisagens naturais como aquelas construídas pelo homem. Chego a me emocionar quando lembro o que já vimos e vivemos na costa da Califórnia. Por mais que eu já tivesse visto muitas fotos e vídeos com as belezas da costa oeste, nada me preparou para o quão extraordinária ela é de verdade. Sem exageros! É apaixonante!

Monterey

Hospedagem

Chegamos à cidade no fim da tarde, dirigindo ao longo da costa, passando pelo Fisherman’s Wharf de Monterey e pela baía. Fizemos check-in na Pacific Inn Monterey, que foi reservada por meio de compra às cegas, no Hotwire (clique aqui para saber mais sobre esse site). A região de Monterey e Carmel tem hotéis caros, então a diária por US$ 66,14, já com as taxas, foi um achado.

O hotel já foi um Best Western e hoje é de administração independente. Segue o padrão da maioria das inns americanas. O nosso quarto era grande, limpo, com duas camas queen size e ainda colocaram um berço para a Bela. Tinha micro-ondas, frigobar, máquina de café, secador de cabelo, tábua e ferro de passar. O estacionamento é grátis e a localização é boa. Fica em região comercial e a poucos minutos de carro da Cannery Row e do Fisherman’s Wharf.

Entradinha do restaurante onde jantamos no dia anterior, na Cannery Row, Monterey
Monterey Bay
Cannery Row, Monterey
Cannery Row, Monterey
Cannery Row, Monterey

Cannery Row

Após o check-in, subimos as malas para o quarto, tomamos banho e fomos passear na Cannery Row, que é a rua mais turística da cidade, de frente para o mar. Ela recebe esse nome porque antigamente funcionavam ali fábricas onde as sardinhas eram enlatadas. Hoje é uma rua repleta de restaurantes, cafés e lojinhas. É no finalzinho dela que fica o Monterey Bay Aquarium, que visitaríamos no dia seguinte.

Estacionamos o carro na rua mesmo, na própria Cannery Row, e fomos dar uma volta. A atmosfera da região é uma delícia. Já estava escuro e friozinho, mas, mesmo assim, alguns adolescentes mergulhavam no mar sem sequer usar roupa de borracha. Gritavam por causa do frio e davam risadas, pareciam estar se divertindo na água congelante. Atmosfera vibrante.

Decidimos jantar no The Fish Hopper Seafood and Steaks, que fica praticamente dentro do mar e tem uma vista linda. O atendimento, a comida, a decoração, a iluminação, a atenção que deram para a Bela… Tudo maravilhoso. Vale muito à pena.

Depois do jantar, fomos direto para o hotel e praticamente desmaiamos na cama. Aquele tinha sido um dia muito intenso e cheio de atividades.

Monterey Bay Aquarium

No dia seguinte, acordamos cedo e tomamos café no hotel. Café da manhã típico de hotel americano, talvez um pouco melhor que a média, pois tinha máquina de waffles e uma variedade maior de cereais matinais. Comemos, fizemos check-out e partimos para o Monterey Bay Aquarium, que foi recentemente eleito o melhor aquário do mundo pelo TripAdvisor Travellers’ Choice 2014. Como o nosso carro estava cheio de malas, paramos em um estacionamento pago, quase em frente ao aquário.

Tínhamos comprado as entradas do Monterey Bay Aquarium com antecedência, no próprio site do atrativo, o que nos livrou de uma enorme fila para compra de ingressos. Entramos direto, sem nenhuma fila.

O aquário é uma coisa linda de se ver e encanta adultos e crianças com suas atrações. São vários andares, divididos em dois gigantescos blocos com as mais variadas espécies dos ecossistemas aquáticos e com muitas atividades de educação ambiental. Dá para passar fácil o dia inteiro passeando por lá, mas só tínhamos a manhã para fazer essa atividade, então tentamos aproveitar da melhor maneira possível.

Monterey Bay Aquarium
Monterey Bay Aquarium
Monterey Bay Aquarium
Monterey Bay Aquarium
Monterey Bay Aquarium
Pinguins no Monterey Bay Aquarium
Mergulhadores limpam o aquário, no Monterey Bay Aquarium
Pinguins no Monterey Bay Aquarium
Olha a Dory!!! – Monterey Bay Aquarium
Tubarões, Monterey Bay Aquarium
Tubarões, Monterey Bay Aquarium

Logo na entrada, os funcionários entregam um mapa e dão uma explicação geral sobre o local e os horários das atividades e apresentações agendadas.

Bela “recebe explicações” sobre essa espécie de caranguejo, no Monterey Bay Aquarium. É uma pena ela ainda não entender inglês. rsrsrsrsrs

Em alguns tanques é possível tocar nos animais, sentir a textura e interagir com o ambiente, enquanto os monitores explicam sobre aquela espécie, sua importância no equilíbrio ecossistêmico e seus hábitos. Muito bacana! Em outro espaço, os pássaros de ecossistemas costeiros ficam soltos no espaço onde estão os visitantes.

Nessa parte do aquário, é possível tocar em algumas espécies

Para quem está com crianças, a Splash Zone é imperdível. A Bela curtiu bastante e tinha uma área reservada só para os bebês bem pequenos. Foi difícil conseguir puxar ela de um atrativo para o outro. Ela estava encantada com tudo!

Área reservada para crianças bem pequeninas, no Monterey Bay Aquarium

Nas áreas externas do aquário, os mirantes proporcionam uma vista incrível do oceano e da baía de Monterey.

Um dos mirantes do Monterey Bay Aquarium
Monterey Bay Aquarium

Saímos do aquário um pouco antes do horário do almoço. Foi uma pena termos ficado tão pouco tempo em Monterey. A cidade é apaixonante e acho que, para quem pode, vale reservar pelo menos uns dois ou três dias inteiros para desfrutar daquele lugar sem pressa.

17 Mile Drive

Saindo do aquário, colocamos no GPS o endereço do portão de entrada da 17 Mile Drive, que fica pertinho de Monterey. Chegando ao destino, demos de cara com uma espécie de portão de um condomínio de luxo. Falamos com o funcionário que estava na portaria, pagamos os US$ 10 (preço cobrado por veículo) e recebemos o mapinha do tour pela região de Pebble Beach.

A comunidade de Pebble Beach, como eles se autodenominam, é uma espécie de grande condomínio de luxo, fechado, repleto de campos de golfe, mansões, jardins bem cuidados, mirantes e vistas estonteantes para o mar. No mapinha estão indicados os pontos estratégicos de parada e o caminho é muito bem sinalizado. Os visitantes só podem seguir o caminho do traçado da 17 Mile Drive, pois as demais áreas são privativas e exclusivas para os moradores. Lá dentro também tem hotel, restaurante, área para eventos, spa, lojas e campos de golfe abertos para não-moradores.

Pebble Beach, 17 Mile Drive
Pebble Beach, 17 Mile Drive
Pebble Beach, 17 Mile Drive
Acho que é a 17 Mile Drive
Acho que é a 17 Mile Drive
Acho que é a 17 Mile Drive
Pebble Beach, 17 Mile Drive

Embora possa soar como algo meio esnobe, para ricaços, ou turístico demais, é um passeio rápido e que vale muito a pena, pois o visual é de tirar o fôlego. É aquele tipo de lugar em que rola o papo: “Imagina, amor, ter uma casa bem aqui?” ou “Quanto será que custa uma casa dessas?” ou ainda “Qual será o emprego das pessoas que têm casa por aqui?”.

O final da 17 Mile já te deixa de cara com Carmel e sua não menos bela Scenic Road.

Carmel

Carmel-by-the-sea ou simplesmente Carmel é assim, uma cidade linda, charmosa, graciosa, repleta de casas bonitas com jardins bem cuidados. Parece cenário de um filme. Nem mesmo uma margarida fora do lugar. Os pássaros voam de forma coreografada e muito bem ensaiada, proporcionando uma atmosfera perfeita. E tudo isso montado em frente às belíssimas águas do Pacífico.

O relógio grande no centrinho (da marca Rolex!) entrega o jogo: esse lugar é para ricaços. Mas não se intimide. Entre no clima e curta a cidade.

Carmel
Carmel
Carmel

Quando chegamos lá, começamos com um passeio de carro, percorrendo a Scenic Drive (primeira rua de frente para o mar) inteira e depois subindo para o centrinho. Deixamos o carro em um amplo estacionamento no cruzamento da 8th Avenue com a San Carlos Street e saímos batendo perna rumo ao centro. Difícil é escolher onde parar para comer, pois a cidade é repleta de cafés e restaurantes cheios de charme. Enfim, decidimos almoçar no Nico, um restaurante italiano delicioso, onde fomos muito bem atendidos.

Restaurante Nico, em Carmel
Restaurante Nico, em Carmel

Em Carmel, a vida parece tão surreal que até vimos um consultório de psicólogo para cachorros. Clint Eastwood foi prefeito da cidade! Falam que algumas celebridades como Brad Pitt e Jennifer Aniston têm casas lá.

Terapeuta para cachorros, em Carmel

Estávamos nos divertindo em Carmel e, por esse motivo, o tempo passou voando. Era hora de voltar rapidinho para o carro e seguir em direção ao sul, pelo trecho conhecido como Big Sur.

Papai e Bela tristes porque já temos que deixar Carmel

Big Sur

Esse é o momento auge em termos de belezas naturais de toda a California 1. É o trecho que vai de Carmel a meados de San Luis Obispo. Áreas preservadas (que aqui no Brasil chamamos de Unidades de Conservação), penhascos, vistas estonteantes do oceano…

O Big Sur é uma região onde se deve viajar sem pressa. Primeiro, porque a estrada é cheia de curvas e abismos (algumas quinas até sem guard rail), o que aumenta a chance de acidentes. Então, juízo! Siga devagar. Segundo, porque a graça de pegar a California Route 1 e não a U.S. Route 101 (bem mais reta, duplicada e rápida) é justamente ir curtindo a paisagem, parando nos mirantes, contemplando a paisagem, fazendo fotos pelo caminho (e que fotos!), curtindo cada recanto escondido de uma das estradas cênicas mais belas do mundo.

Big Sur
Big Sur
Passando pela linda Bixby Bridge, Big Sur
Passando pela linda Bixby Bridge, Big Sur
Big Sur
Big Sur
Big Sur

Vale, antes de ir, dar uma pesquisada sobre as paradas que pretende fazer na viagem. Mas chegando lá, na hora, você verá o aglomerado de carros parando ao longo do caminho e sempre que desejar e surgirem mirantes e áreas para estacionar, pare e aproveite que está ali! Seu celular não funcionará na maior parte do caminho, então dificilmente conseguirá fazer alguma pesquisa na hora. Se permita descobrir os recantos desse lugar lindo, independente do que as revistas e blogs te aconselham. Descubra o seu próprio Big Sur!

É dirigindo nesse trecho que você perceberá porque a maioria das pessoas faz essa viagem partindo no sentido norte-sul, ou seja, de San Francisco a Los Angeles/San Diego, “descendo” no mapa. É que a maior parte das áreas para parar o carro ao longo da estrada fica no lado direito da pista, na mão para quem está descendo. Além disso, você segue “mais pertinho” do mar e as pessoas que não estão dirigindo podem seguir fazendo fotos sem que nenhum carro passe na faixa oposta, atrapalhando a vista e o clique. Mas isso é só um detalhe. Se você só tiver como fazer a viagem subindo, faça mesmo assim! Já vi relatos de quem subiu e falam que valeu a pena do mesmo jeito.

Dormindo no colo do papai em pleno Big Sur
McWay Falls, Julia Pfeiffer Burns State Park
Parada para ver a cachoeira, no Julia Pfeiffer Burns State Park, Big Sur
Parada para ver a cachoeira, no Julia Pfeiffer Burns State Park, Big Sur
Big Sur
Nosso carro, em uma das paradas no Big Sur

Uma dica importante: não esqueça de se certificar que o tanque de combustível do carro está cheio. No trecho do Big Sur aparecerão poucos postos de gasolina e os preços são mais altos que nas cidades grandes.

Alguns pontos de interesse ao longo do Big Sur: Point Lobos State Natural Reserve, Whaler’s Cove, Bixby Creek Bridge, Julia Pfeiffer Burns State Park – McWay Falls (imperdível, é aquela cachoeira que deságua na areia da praia), Point Sur Lighthouse, restaurante Nepenthe e Simon Creek Falls.

Depois de percorrer o trecho do Big Sur, muita gente opta por visitar o Hearst Castle, a mansão do magnata americano William Randolph Hearst, localizada na cidade de San Simeon. O “castelo”, com suas coleções de arte, tapetes persas, estátuas, esculturas e mix de estilos arquitetônicos que revelam o gosto duvidoso excêntrico do seu antigo dono, atrai muitos visitantes. Há quem ame o passeio e há quem odeie. Não fizemos esse tour porque o nosso tempo era limitado e demos preferência para passeios que fossem mais a nossa cara. Mas se tivéssemos mais tempo, sem dúvida toparíamos passar por essa experiência para tirarmos nossas próprias conclusões. Li vários posts sobre o castelo, mas achei esse da Maryanne, do Hotel California Blog, bem bacana.

Finalizando o trecho do Big Sur, algumas pessoas optam por pernoitar em San Luis Obispo, onde fica a Mission San Luis Obispo de Tolosa. No nosso caso, preferimos pernoitar em Santa Barbara, então seguimos mais uns 180 quilômetros de estrada até chegarmos a essa cidade linda, que é o assunto do nosso próximo post.

 

Esse post faz parte de um roteiro maior, de 15 dias, pela costa oeste americana. Para ver o relato completo da viagem, clique aqui.